João Pessoa 20/05/2019

Início » Cidades » Incêndio atinge paróquia com peças de mais de 300 anos na Bahia

Incêndio atinge paróquia com peças de mais de 300 anos na Bahia

As chamas tiveram início por volta das 2h, mas só foram controladas 8h. Moradores de Monte Santo conseguiram retirar peças e começaram o combate ao fogo. Cidade não tem pelotão do Corpo de Bombeiros

Fogo se espalhou rapidamente e destruiu o telhado do templo religioso(foto: Reprodução/WhatsApp)

Heróis. É assim que estão sendo tratados os moradores de Monte Santo, no interior da Bahia, que se arriscaram para salvar imagens sacras que estavam na Paróquia Santa Cruz, tomada pelas chamas na madrugada deste sábado. As chamas só foram controladas por volta das 8h. As causas ainda estão sendo apuradas. A perícia será realizada ainda hoje pela polícia.

O fogo teve início por volta das 2h. Moradores avistaram as chamas logo no início e correram para apagar e retirar peças que estavam dentro da paróquia. “Somos uma cidade histórica que celebramos ao pé da letra a semana santa. Temos grupos de teatro que ficam até 1h encenando. Então, algumas pessoas viram o incêndio na sacristia e chamaram o padre na casa paroquial, que fica ao lado”, explicou Alexsandro do Nascimento Souza, de 36 anos, tesoureiro do templo religioso.

Segundo ele, a iniciativa dos moradores foi importante para evitar danos maiores. “Os voluntários foram heroicos. Iniciaram a contenção do incêndio e conseguiram salvar imagens sacras, algumas com quase 300 anos”, disse Alexsandro Souza.
O tesoureiro explica que a paróquia não é tombada, mas possui peças religiosas reconhecidas pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). “Dentro da igreja tem objetos religiosos tombados. Por tradição, descemos com as imagens do Santuário de Santa Cruz para andar em procissão na cidade. E essas imagens estavam dentro da igreja, mas conseguiram serem salvas. Acho que 80% dos objetos religiosos foram retirados”, afirmou.

A cidade não possui um pelotão do Corpo de Bombeiros. Por causa disso, viaturas demoraram a chegar na cidade. Por volta das 8h, os militares conseguiram controlar as chamas. É esperado o trabalho da polícia técnica para apurar quais são as causas do incêndio.

EM