João Pessoa 23/03/2019

Início » Destaque » Indígenas bloqueiam acesso à praia de Gramame em protesto contra pedido de reintegração de posse

Indígenas bloqueiam acesso à praia de Gramame em protesto contra pedido de reintegração de posse

Segundo informou o cacique, as pessoas que estão indo para a praia deixam seus veículos estacionados e descem normalmente a pé até seu destino.

Os indígenas permanecem no local fazendo o seu toré e suas manifestações culturais de forma pacífica para deixar o recado (Foto: Reprodução)

Um grupo com cerca de 50 indígenas da tribo Tabajara bloqueou um trecho da PB-008, que dá acesso à praia de Barra de Gramame Sul, no município de Conde, na manhã desta quarta-feira (06). Eles realizam um protesto reivindicando a retomada de suas terras.

De acordo com o cacique Arapuan, em entrevista ao ClickPB, eles pretendem permanecer no local por dois dias. O acesso à praia está fechado para veículos, mas a passagem de pedestres está liberada. Segundo informou o cacique, as pessoas que estão indo para a praia deixam seus veículos estacionados e descem normalmente a pé até seu destino.

O cacique enfatizou que ninguém está sendo impedido de ter acesso à praia. Os indígenas permanecem no local fazendo o seu toré e suas manifestações culturais de forma pacífica para deixar o recado.

Ele informou ainda que foi feito um pedido de reintegração de posse de uma terra que já pertence aos povos Tabajaras. “O pedido da reintegração de posse já foi cancelado mas a gente tem que mostrar nossa cara também”, afirmou o cacique.

Recentemente, vários grupos indígenas têm realizado protestos contra a política que será adotada pela FUNAI no que diz respeito à demarcação de terras. Eles também são contra a municipalização da saúde indígena. A reivindicação é de que a saúde indígena continue sendo responsabilidade do Governo Federal, por meio da Secretaria da Saúde Indígena.

ClickPB