Integrante do blocão abre dissidência e defende voto em Cássio ao Governo da Paraíba já no 1º turno das eleições - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Integrante do blocão abre dissidência e defende voto em Cássio ao Governo da Paraíba já no 1º turno das eleições

deputado guilhemer alm.O deputado estadual licenciado e atual secretário de Agricultura do Governo Romero Rodrigues, em Campina Grande, Guilherme Almeida, do PSC, abriu dissidência do blocão e defendeu, nesta sexta-feira (07), durante entrevista ao PB Agora, o apoio à candidatura do senador Cássio Cunha Lima (PSDB), ao Governo do Estado, já no primeiro turno das eleições.

Apesar de já ter sido aliado do ex-prefeito de Campina Grande, Veneziano Vital (PMDB), que também é pré-candidato ao Governo da Paraíba, Almeida foi enfático ao afirmar que vota em Cássio Cunha Lima e que vai levar a tese do apoio do PSC ao PSDB para ser discutida no âmbito partidário.

“Dentro do partido eu vou colocar essa minha visão, que é oportuna, com essa chegada da candidatura de Cássio, torço abertamente para que o partido apoie seu nome e marche junto do PSDB, apoiando o nome do senador para o Governo”, explicou.

Os motivos que fizeram o parlamentar divergir da candidatura própria da legenda, que tem o deputado federal Leonardo Gadelha (PSC) giram principalmente em torno dos benefícios que serão trazidos para o Compartimento da Borborema com a eleição do tucano. O deputado licenciado, todavia, fez questão de rasgar elogios ao pré-candidato da sigla, afirmando que Leo Gadelha é um nome capacitado, jovem, eloquente, preparado e dinâmico para ocupar qualquer posto.

“Eu tenho os motivos para apoiar Cássio, tanto por ser de Campina Grande, quanto por estar trabalhando no governo Rodrigues, junto com Cassio, fazendo pela Agricultura do nosso município um bom trabalho e o senador sendo governador da Paraíba, o compartimento da Borborema lucrará muito”, falou.

Indagado se Leo Gadelha poderia ocupar a vice na chapa do PSDB, ao lado de Cássio, o deputado preferiu não opinar sobre o assunto, se atendo a dizer que quem pode responder sobre essa possibilidade é o próprio deputado. “Ele é um nome preparado para qualquer posto, repito, é educado, inteligente, eloquente, dinâmico e capacitado para qualquer cargo”.

Guilherme fez questão de deixar claro que a opinião com relação ao apoio a Cássio é pessoal e não reflete, pelo menos por enquanto, a decisão do partido, que mantém o nome do deputado federal Leonardo Gadelha como um dos nomes do blocão, formado por PT, PP e PSC no disputa pelo Governo Estadual.

“Essa é uma opinião pessoal que vou levar à cúpula do meu partido e tenho certeza que o PSC é aberto a qualquer colocação, e vai conversar não só com Cássio, como também com os demais postulantes e eu, particularmente, vou torcer para que Cássio seja apoiado pelo PSC já no primeiro turno”, enfatizou.

Já na Assembleia Legislativa, o parlamentar, que se se desincompatibilizará da PMCG nos próximos meses para poder disputar a reeleição, irá seguir a orientação do partido, se mantendo na base que faz oposição ao Governo Ricardo Coutinho

As declarações de Guilherme Almeida foram concedidas durante entrevista na Estação Ciência Cabo Branco, onde o Ministério das Cidades entregaáquinas para combater a estiagem nos municípios do semiárido paraibano.

Henrique Lima/ Márcia Dias

PB Agora