Inter vence o Sport no Beira-Rio e encosta no G4

Inter vence o Sport no Beira-Rio e encosta no G4

lisandro gol divulgacao480Lisandro Lopez voltou a marcar pelo Inter (Divulgação)

Foi sofrido, mas o Internacional voltou a vencer no Campeonato Brasileiro. Neste sábado, em jogo que marcou o reencontro do clube com seu ídolo Paulo Roberto Falcão, hoje técnico do Sport, o Colorado dominou seu adversário no Beira-Rio e venceu por 2 a 1, com gols de Lisandro López e Rodrigo Dourado, e Élber descontando. O resultado leva o time gaúcho a 44 pontos, na quinta colocação, a um pontinho da entrada do G4 – a distância pode subir neste domingo, dependendo dos resultados de seus adversários.

Depois de pressionar por quase todo o primeiro tempo, o Inter chegou ao primeiro gol aos 19 da etapa final, com o argentino Lisandro López. Mesmo sem exercer grande pressão, o Sport empatou aos 34. O Colorado, porém, reagiu rápido e, dois minutos depois, Rodrigo Dourado fez o gol da vitória. No final, o time pernambucano ainda perdeu Diego Souza, expulso por chutar o lateral Léo.

A derrota mantém o Sport em décimo lugar, com 40 pontos. As duas equipes voltarão a jogar no dia 14. O Inter visita o Atlético-MG, no Independência, enquanto o Sport receberá o Avaí, na Ilha do Retiro.

O jogo – Disposto a quebrar o péssimo retrospecto fora de casa, o Sport começou melhor. Aos cinco minutos, Diego Souza arrancou desde a linha divisória do gramado, fez fila, invadiu a área, driblou Alisson, mas caiu na hora de arrematar. Foi um começo enganoso, pois, de resto, foi o Inter que dominou a primeira etapa. Aos 11, Valdívia bateu colocado de fora da área e obrigou Danilo Fernandes a uma grande defesa. Na batida do escanteio, o goleiro do Sport pegou cabeçada de Rodrigo Dourado à queima-roupa e ainda viu Alex perder ótima chance no rebote.

A melhor oportunidade colorada ocorreu aos 29: William recebeu ao lado da área pela direita e cruzou rasteiro. No segundo pau, Lisandro López pegou de primeira e acertou o travessão. No minuto seguinte, Nilton bateu de longe, a bola desviou na defesa e quase encobriu Danilo Fernandes. Aos 33, o goleiro pernambucano fez ótima defesa em chute de Anderson, que matou no peito e bateu com categoria, no cantinho. Quatro minutos mais tarde, Nilton bateu por cima após boa jogada de Anderson.

A pressão gaúcha seguiu no começo do segundo tempo. Logo aos dois minutos, Danilo Fernandes fez grande defesa em cabeçada de Lisandro López, que aparou um bom cruzamento de Ernando – aos 11, ele seria deslocado para a zaga com a entrada de Vitinho no lugar de Réver. Aos 17, André perdeu grande chance para o Leão ao entrar cara a cara com Alisson, mas o chute saiu fraco. Dois minutos mais tarde, o gol do Inter: Anderson cruzou para Lisandro López, que mandou com o peito na bola. Danilo Fernandes fez a defesa, mas o argentino, aproveitando sua própria queda, tocou de cabeça quase sobre a linha e fez 1 a 0. Os jogadores do Sport reclamaram de toque de mão na jogada, e a partida ficou parada por cerca de três minutos.O time pernambucano não conseguiu exercer uma pressão após sofrer o gol. Porém, a estrela de Falcão brilhou aos 34: Élber, que havia entrado no segundo tempo, recebeu de Diego Souza na área e teve tempo e espaço para mirar o gol e tirar de Alisson, empatando a partida. Mas nem deu tempo de comemorar: aos 36, Rodrigo Dourado recebeu cruzamento de Valdívia e mandou de cabeça para colocar o Inter de novo na frente. No fim, a tentativa de pressão do Sport acabou na expulsão de Diego Souza, que chutou o lateral Léo por trás aos 45 minutos.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 2 x 1 SPORT

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 3 de outubro de 2015, sábado
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Bráulio da Silva Machado (Asp. Fifa-SC)
Assistentes: Luiz Cláudio Regazone (Asp. Fifa-RJ) e Thiago Corrêa Farinha (RJ)
Renda: R$ 356.535,00
Público: 17.614
Cartões amarelos: William e Nilton (Internacional); Samuel Xavier e Renê (Sport)
Cartões vermelhos: Diego Souza (Sport)

GOLS: 
INTERNACIONAL: Lisandro López, aos 19, e Rodrigo Dourado, aos 36 minutos do segundo tempo
SPORT: Élber, aos 34 minutos do segundo tempo

INTERNACIONAL: Alisson; William (Léo), Paulão, Réver (Vitinho) e Ernando; Rodrigo Dourado, Nilton, Anderson (Silva), Valdívia e Alex; Lisandro López
Técnico: Argel Fucks

SPORT: Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely, Wendel (Régis) e Diego Souza; Maikon Leite (Élber), André (Hernane) e Marlone
Técnico: Paulo Roberto Falcão

Fox Sports