Intervenção de defensor João Alves Jr diante da gestão Panta garante permanência de feirantes em Tibiri ll

O advogado João Alves Jr nos últimos tempos vem se tornando uma dos maiores defensores da causa social em Santa Rita-PB, e principalmente a metodologia adotada pela atual gestão tucana do prefeito Panta (PSDB), que acada dia que se passa fica mais difícil ainda acreditar e confiar em qualquer acordo além da palavra, mesmo em audiência diante das autoridades, para tanto nesta quinta (29), foi preciso mais uma intervenção por parte do defensor para que os feirantes do mercado de Tibiri ll não serem enxotados daquele espaço em que trabalham a anos e que foi acordado no MP no caso de reforma para realização de reforma os feirantes seriam removidos do local para um centro no próprio mercado que nada disso aconteceu ontem e que de pronto a prefeitura de Santa Rita já usaria as máquinas descumprindo termo de ajustamento assinado no órgão e que para gestão que tudo pode e faz sem olha os prejuízos causado ao povo e que foi impedida de realizar tal ato truculento tendo que aguardar para mais adiante pelos fiscalizadores, graças ao advogado que tomou a frente do caso.

“Comerciantes revoltados e indignados, mercadorias e equipamentos em locais adequados além do investimento que garante o sustento de cada um feirante daquela localidade, afora sem que a gestão sem o mínimo de senso em relação a uma crise e o desemprego batendo na porta e Santa Rita desde que a gestão Panta assumiu a administração, que segundo o CAGED são aproximadamente 2.700 postos de cargos de carteira assinada além das dificuldades dos comerciantes e industrias que não tem a quem recorrer e que a gestão nada faz para sair do atraso e despontar com a população que temos que amargar que o prefeito Panta atualizou o código tributário de Santa Rita e que nos resta atualmente é só cobrança de imposto além do lixo mais caro com taxa de coleta de resíduo como tanto até a contribuição de iluminação pública cerca de 300 e em outras localidades chegando a população ser cobrada até mais de 600 %, o básico de Santa Rita é o mais caro do Brasil, garante o advogado João Alves Jr.

A reportagem do portal Paraíba Urgente recebeu inúmeras moções de agradecimento pela cobertura juntamente com outros meios de comunicação que esteve realizando do registro da cobertura da interferência do advogado defendendo o direito de quem não possui e nem tem a quem recorrer, com isso, e em geral, a maior moção de agradecimento foi para o brilhante advogado João Alves Jr. que defende a população nos piores momentos diante de uma gestão que mira principalmente quem é pobre, desempregado e carente e acada dia que se passa está só conhecendo derrotas diante da lei e que no futuro mais próximos a população saberá fazer suas escolhas de opções de realmente opera em defesa da população,

A pior agressão são contra aqueles que usam do anonimato para operar na covardia como o próprio prefeito, secretário de infraestrutura e seu subsecretário que se omitiram de estar no local e manda um simples servidor sem conhecimento algum, com um papel na mão vencido e descumprindo o que acordou no MP numa tentativa de abordar os comerciantes como se eles não obtivessem conhecimento e tirar na tora, expulsando de forma truculenta sem nenhum respeito, mas só que a prefeitura de Santa Rita não contava com a presença do ilustre advogado defensor do povo e que faz parte do processo e assim, veio a intervenção da polícia militar por meio de um oficial aguardando o direito do povo para mais adiante