Investidor estrangeiro diz “até logo” para a Bolsa do Brasil