Irmãos presos por crimes na Comarca de Gurinhém são condenados a 22 e 27 anos de prisão

Irmãos presos por crimes na Comarca de Gurinhém são condenados a 22 e 27 anos de prisão

Segundo a denúncia, os suspeitos mataram a vítima de modo cruel e com motivo torpe. (Foto: Reprodução)

A Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Paraíba estabeleceu, em decisão unânime e em harmonia com o Ministério Público nesta quinta-feira (3), as penas de reclusão de dois irmãos acusados de praticar homicídio e lesão corporal gravíssima na Comarca de Gurinhém.

Aelxsandro da Silva Rodrigues, vulgo Amaral, foi condenado a 27 anos e seis meses. João Felipe da Silva Rodrigues, vulgo Russo, foi condenado a 22 anos e nove meses.

O desembargador João Benedito da Silva foi o relator da apelação criminal.

Os réus foram condenados por matar Erivaldo de Sousa Fernandes, vulgo Val, com disparos de arma de fogo, e agredir uma criança e duas outras vítimas. Os crimes ocorreram na Comarca de Gurinhém.

Segundo a denúncia, os suspeitos mataram a vítima de modo cruel e com motivo torPE.

ClickPB