Israel bombardeia Faixa de Gaza em resposta a ataque com foguetes

BOMBARDEIO israelenseMenino palestino é fotografado no topo de uma casa destruída por bombardeio israelense durante a guerra de 50 dias em Kahan Younis, sul da Faixa de Gaza(Ibraheem Abu/Reuters)

A Força Aérea de Israel bombardeou nesta quinta-feira várias instalações militares na Faixa de Gaza em resposta ao lançamento de dois foguetes na noite de quarta contra seu território. Os aviões israelenses sobrevoaram a Faixa por várias oportunidades antes de lançar vários foguetes no norte, no centro e no sul do território, e a explosão de um deles pôde ser ouvida no noroeste da cidade de Gaza.

Bombeiros e ambulâncias se dirigiram até as áreas afetadas, mas ninguém ficou ferido, segundo fontes médicas palestinas. A polícia e as forças de segurança do movimento islamita Hamas evacuaram vários edifícios e instalações militares em diversos pontos da Faixa por temor aos ataques de represália. Pelo menos um míssil foi dirigido contra uma instalação de treinamento das Brigadas Qassam, o braço armado do Hamas.

“Em resposta ao lançamento de foguetes, as Forças de Defesa de Israel (IDF, sigla em inglês) atacaram alvos terroristas em Gaza. Ontem [quarta-feira], dois foguetes foram disparados da Faixa contra o sul de Israel, caindo em áreas abertas perto das cidades de Ashkelon e Netivot, sem que houvesse informações de feridos. É o segundo ataque vindo de Gaza nos últimos dez dias”, afirmou o Exército israelense em comunicado.

“Os israelenses e palestinos merecem viver vidas normais, mas, por outro lado, o Hamas prefere usar a Faixa de Gaza como uma plataforma de lançamento de ataques de foguetes. O Exército vai agir contra as agressões, contra os que tentam aterrorizar Israel, para proteger os israelenses do lançamento indiscriminado de foguetes de Gaza”, disse o porta-voz das IDF, o tenente-coronel Peter Lerner.

(Da redação)