Ivan Burity é chamado para depoimento ao GAECO, mas fica em silêncio

O ex-secretário executivo de Turismo da Paraíba, Ivan Burity, foi chamado pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado do Ministério Público da Paraíba (Gaeco/MPPB) para prestar depoimento em três inquéritos da Operação Calvário por volta das 10h30 da manhã de ontem, mas preferiu ficar em silêncio.

A defesa de Ivan garantiu que não procedem as especulações de celebração de acordo de delação premiada, especulado por setores da imprensa. A linha de atuação dos advogados permanece no sentido de provar a inocência do cliente e conseguir sua liberdade.

Ivan foi preso no dia 9 de outubro quando foi deflagrada a quinta fase da Operação Calvário.

ParlamentoPB