João Pessoa 22/04/2019

Início » Destaque » João Azevêdo anuncia calendário de janeiro e garante continuidade do pagamento em dia

João Azevêdo anuncia calendário de janeiro e garante continuidade do pagamento em dia

O governador João Azevêdo anunciou, nesta segunda-feira (28), o calendário de pagamento do funcionalismo público estadual referente ao mês de janeiro, na 1ª edição do programa ‘Fala, governador’ de 2019, transmitido em cadeia para todo o Estado, pela Rádio Tabajara. No dia 30, serão pagos os salários dos servidores inativos; e no dia 31, será a vez do pagamento dos servidores da ativa.

“A Paraíba continuará pagando em dia. É mais um compromisso que será honrado”, garantiu o governador. Ele ainda comentou sobre o impacto financeiro da folha com o pagamento dos reajustes do magistério e do salário mínimo, bem como do pagamento das bolsas para asPolícias Civil e Militar e para os agentes penitenciários.

O reajuste concedido aos professores da rede estadual, segundo João Azevêdo, vai gerar um impacto financeiro de R$ 38,6 milhões ao ano na folha de pessoal do Estado. De acordo com o gestor, a política de recuperação salarial dos professores simboliza o respeito da gestão aos funcionários.

“O piso hoje de um professor que trabalha 30 horas é de R$ 1.840,00 e passa para R$ 1.918,00. O professor de nível E, que tinha um salário de R$ 5.070,00, passa a receber R$ 5.200,00. Já o piso de R$ 1.918,00, somado à bolsa fixa e à bolsa variável, fará com que o professor tenha um vencimento inicial de R$ 3.152,00. Todos os professores foram beneficiados”, garantiu.

Já o reajuste do salário mínimo terá um impacto de R$ 36,3 milhões por ano na folha de pagamento. Segundo o governador, a soma dos dois reajustes beneficiará 75% do funcionalismo público estadual.

Ele ainda anunciou a continuidade do pagamento das bolsas para as Polícias Civil e Militar e para os agentes penitenciários. “Estaremos pagando o prêmio referente ao programa Paraíba Unida pela Paz, que fez com que a Paraíba tivesse resultados positivos ao longo desses últimos anos. Além disso, vamos antecipar de março para janeiro o pagamento dessa bolsa que vai gerar um impacto de R$ 1,2 milhão”, explicou.

Secom-PB