João Pessoa 18/02/2019

Início » Destaque » João Azevêdo explica como vai funcionar a “Manzuá Online”, que vai fortalecer a Segurança da Paraíba

João Azevêdo explica como vai funcionar a “Manzuá Online”, que vai fortalecer a Segurança da Paraíba

Ainda segundo ele, a nova estrutura será implementada ainda no primeiro semestre. “Vamos ampliar isso ainda agora no primeiro semestre. (Foto: Arquivo)

O governador da Paraíba, João Azevedo disse em sua primeira entrevista oficial, concedida ao Portal ClickPB (Assista aqui), que a segurança do estado contará com uma modelo mais ágil de funcionamento e que novas barreiras informatizadas substituirá os antigos postos de fiscalização. Para ele, a “Manzuá Online” dará mais segurança a Paraíba.

“Vamos começar a fazer investimentos não só em novas patrulhas, mas também na ampliação do batalhão motorizado com motos para dar mais agilidade a ação dos policiais. Nós vamos ter uma estrutura montada para dar maior agilidade e garantir a velocidade no atendimento e na prestação dos serviços a população”, explicou.

Ainda segundo ele, a nova estrutura será implementada ainda no primeiro semestre. “Vamos ampliar isso ainda agora no primeiro semestre. Começar a implementar os centros de monitoramento e controle que serão dotados de sistemas informatizados com câmeras espalhados dentro das cidades e nas saídas das cidade. Para substituir inclusive as antigas ‘manzuás'” revelou.

João destacou que com esse novo sistema será uma forma de barreira eletrotônica, formada por câmeras dentro de centros de controle para que a polícia possa dar uma resposta mais rápida na segurança da população.

A Operação Manzuá foi criada na década de 1980 pelo Governo do Estado, ela mantinha postos de fiscalização fixos em várias trechos de rodovias da Paraíba. Em 2010 foi anunciada a desativação da operação, mas isso só foi efetivado de fato em 2011. Com a desativação da Manzuá, foi criada o Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran) e as fiscalizações passaram a serem feitas de forma itinerante pela Polícia Rodoviária Estadual.

ClickPB