João Azevêdo nega rompimento com Ricardo, mas avisa: “Quem não estiver satisfeito, rompa”

João Azevêdo nega rompimento com Ricardo, mas avisa: “Quem não estiver satisfeito, rompa”

As declarações do governador João Azevêdo (PSB), ontem (29), em Guarabira, serviram para aumentar as especulações sobre um possível rompimento entre ele e o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB). Questionado se havia rompimento com Ricardo, João negou, mas afirmou que aprendeu com o ex-governador que se alguém estiver insatisfeito, que rompa.

“Claro que não existe rompimento, aliás aprendi na política e com o próprio Ricardo, que não se rompe. Se alguém não estiver satisfeito de estar próximo a mim que faça esse ato, mas da minha parte, nenhuma, até porque eu tenho o maior respeito pelo ex-governador, sei o tamanho que ele tem, da importância política que tem para a Paraíba”, afirmou.

Nessa quarta-feira (29), os dois assistiram a final da Cola do Nordeste, no Almeidão, entre Botafogo (PB) e Fortaleza (CE). Eles estavam nas cadeiras de honra do estádio, mas em assentos distantes, o que não se via há pouco tempo. A cena serviu para aumentar as especulações de um suposto rompimento.

Anderson Soares