João Henrique descarta saída do PSDB e evita antecipar diálogo sobre eleições 2020 em Monteiro: “Apenas no próximo ano”

O deputado estadual João Henrique (PSDB) declarou na manhã desta quarta-feira (06) que nem ele nem a sua esposa, deputada federal Edna Henrique pensam em deixar a legenda tucana.

Segundo o parlamentar, de toda a forma a medida só poderia ser feita, caso eles desejem, quando o pleito estadual de 2022 se aproximar, na abertura da janela partidária para deputados federais e estaduais, mas ele sequer vislumbra a possibilidade.

“A janela partidária do próximo ano ela não contempla os deputados estaduais e federais e sim os vereadores, seremos contemplados só na próxima daqui a cerca de quatro anos quando poderemos migrar se assim desejarmos, mas na verdade nunca vislumbramos nem pensamos nisso” declarou.

Uma das principais lideranças políticas de Monteiro, no Cariri paraibano, João Henrique ainda evitou antecipar o diálogo acerca das eleições de 2020 na cidade, onde sua ex-nora Anna Lorena é prefeita.

As especulações na cidade giram em torno de uma possível candidatura de João para a prefeitura, tese não confirmada por ele.

“Campanhas políticas ocorrerão para o ano, na época exata e dentro do cronograma eleitoral, então essa campanha e o que se pensa das eleições municipais apenas para o ano nós vamos verificar examinar e consequentemente decidir acerca de tudo isso” disse.

ParaíbaJá