Jovem é assassinada e namorado manda vídeo do crime para mãe da vítima em Vila Velha - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Jovem é assassinada e namorado manda vídeo do crime para mãe da vítima em Vila Velha

mata namorada e video p mãeGabryella Oliveira Bonfim Sampaio foi morta dentro da casa da avó do namorado

A jovem Gabryella Oliveira Bonfim Sampaio, de 24 anos, foi assassinada a facadas na casa da avó do namorado dela, na noite desta segunda-feira (23), no bairro Novo México, em Vila Velha. Segundo a polícia, o principal suspeito do crime é o namorado da vítima, Thiago Rosa do Sacramento, 25.

O rapaz ligou para a mãe de Gabryella, a doméstica Neize Oliveira Bonfim, 43 anos, momentos antes do crime informando que iria estuprar e matar a jovem e, em seguida, enviou um vídeo para o celular dela, com toda ação.

Neize só conseguiu acessar a internet e assistir ao vídeo na manhã desta terça-feira (24). Depois de ver as imagens, ela acionou a polícia. Ao chegarem na casa, os policiais encontraram a jovem morta. Além de ter sido esfaqueada, Gabryella morreu com um celular na boca. A vítima pode ter sido estuprada, uma vez que estava seminua quando foi encontrada morta. Thiago está foragido.

A doméstica recebeu a ligação do suspeito por volta das 23h30. Segundo ela, Thiago disse que estava com um outro rapaz. Após informar que os dois iriam estuprar e matar a jovem, ele enviou o vídeo, mostrando o que estavam fazendo com a vítima.

“No vídeo, ele violentava a minha filha e ela só gritava, pedindo para ele parar. Então acionei a Polícia Militar e fui até a casa. Eu cheguei primeiro e percebi que havia uma pessoa lá dentro”, lembrou Neize.

Quando chegaram, os PMs não conseguiram entrar na casa de imediato, porque ela estava fechada. A doméstica e o marido foram com alguns policiais para a Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam), de Vila Velha, a fim de conseguirem uma autorização judicial para entrarem na residência, mas outros PMs, que tinham permanecido no local, acabaram encontrando a proprietária do imóvel e então conseguiram entrar.

“Ao revistarmos a casa, encontramos a Gabryella caída no chão, ensanguentada e seminua”, disse o sargento Gama, da 2ª Companhia do 4º BPM. A jovem foi assassinada com um corte profundo no pescoço e cinco facadas no mesmo local.

Os familiares de Gabryella e de Thiago acreditam que o suspeito foi o autor do crime. Segundo Neize, os dois namoravam há cinco meses, mas a família da jovem era contra esse relacionamento, porque Thiago é ex-presidiário e era usuário de drogas. Além disso, o suspeito tinha ciúmes da vítima e ela já havia sido agredida por ele. O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção às Mulheres (DHPM).

Entrevista

Aos prantos, a doméstica Neize Oliveira Bonfim, de 43 anos, contou como era a relação de Gabryella com a família, e afirmou que deseja a morte de Thiago.

O que o Thiago disse na ligação?
Ele disse que estava com outro rapaz, e que iria estuprar e matar minha filha. Depois mandou o vídeo.

O que passou pela sua cabeça quando ele ligou?
Pensei no pior. Fiquei desesperada e tentei ligar para a minha filha, mas ninguém atendeu. Também tentei abrir o vídeo, mas não consegui vê-lo. Então, como viria na rua hoje, ia passar na delegacia para contar o que havia acontecido.

E quando viu o vídeo, qual foi a sua reação?
Fiquei desesperada e logo acionei a polícia. Imaginei o pior.

Como era a Gabryella?
Ela era o meu xodó. Era tranquila, carinhosa com a família. Tinha três filhos, sendo dois meninos, de 9 e 5 anos, e uma menina de dois, e morava sozinha com eles em Ponta da Fruta.

Há quanto tempo ela namorava o Thiago?
Há uns cinco meses. Mas desde o começo a gente era contra esse namoro. Ele é ex-presidiário, acho que foi preso por tráfico e assalto, e é usuário de drogas. Que mãe quer ver a filha namorando alguém assim? Ele também era violento…tinha ciúmes dela.

Ela já foi agredida por ele?
Já. Na terça-feira passada ele bateu nela na rua porque ela saiu para ver o jogo do Brasil sozinha. Eu até quis ir na delegacia para registrar uma ocorrência, mas ela não quis.

Acha que ela foi morta por ciúmes dele?
Sim. Ele agiu com covardia e crueldade.

PUBLICIDADE