Jovem é assassinado a tiros quando voltava da igreja em João Pessoa

revolver-tiroUm jovem de 21 anos foi assassinado a tiros na noite de sexta-feira (14) no bairro de Mangabeira, em João  Pessoa. De acordo com a Delegacia de Homicídios da capital paraibana, o crime aconteceu quando o rapaz voltava da igreja. A polícia trabalha com duas possíveis hipóteses para o crime: disputa entre facções criminosas e vingança.

Segundo o delegado Carlos Othon, o rapaz estava acompanhado da namorada e de uma amiga quando foi baleado. Elas contaram a polícia que pouco depois de deixarem uma igreja evangélica, um carro parou próximo ao grupo e um homem já desceu atirando contra o jovem. Ele foi atingido por quatro tiros e morreu ainda no local. As duas jovens não foram atingidas.

O delegado contou ainda que a vítima tinha saído da prisão há cerca de quatro meses, depois de cumprir pena por tráfico de drogas, por isso uma das linhas de investigação para a morte é a de rixa entre facções. A outra hipótese foi passada à polícia pela namorada do jovem, que levantou a suspeita de que o crime teria sido encomendado por um ex-companheiro seu, que não aceitava o término da relação. Ela disse acreditar que o autor assassinato é um amigo do seu ex.

Outros crimes

A Polícia Civil também registrou duas tentativas de assassinato na noite de sexta-feira em João Pessoa . No bairro de Mandacaru, por volta das 19h30, um homem foi baleado por dois suspeitos em uma motocicleta. Ele foi socorrido e encaminhado para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa.

Já no Bairro São José, um homem de 28 anos foi atingido por golpes de faca durante uma discussão. A polícia contou que o suspeito do crime é o padrasto da companheira da vítima. Ele também foi levado para o Trauma.

Até às 8h deste sábado hospital ainda não tinha divulgado o estado de saúde das duas vítimas.