Jovem é espancado a pedradas ao tentar recuperar celular roubado no DF

Jovem é espancado a pedradas ao tentar recuperar celular roubado no DF

Segundo o jovem, ele estava pedindo um Uber quando um homem desarmado puxou o celular e anunciou o assalto. Em seguida, o criminoso fugiu e foi perseguido pelo estudante. Quando conseguiu alcançá-lo, outras três pessoas que estavam com o suspeito em um bar próximo à universidade começaram a agredi-lo.

“Eu só lembro de abrir os olhos e ver muita gente ao meu redor”, conta o estudante, que desmaiou com a violência da pedrada na cabeça.

Imediatamente após a confusão, a Polícia Militar conseguiu deter os quatro suspeitos e encaminhá-los para a delegacia de Taguatinga Sul (21ª DP).

A vítima foi atendida pelo Corpo de Bombeiros no local do crime e levada de ambulância para um hospital particular. O estudante recebeu sete pontos no queixo e nove na cabeça para estancar os sangramentos.

Mesmo sem ter recebido alta, o rapaz seguiu para a DP a fim de fazer o reconhecimento dos agressores. Ele apontou todos eles como autores do espancamento, mas, por medo de retaliações, não quis prestar queixa.

 Metrópoles