Jovem mata menina de 13 anos com taco de beisebol - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Jovem mata menina de 13 anos com taco de beisebol

matar e diz q tinha direito“Era direito meu matar”. Assim o ajudante de pedreiro Cremilson Lopes de Souza, 19 anos, resumiu o que pensou na hora de assassinar uma adolescente de 13 anos, com golpes de taco de beisebol.A vítima, Evelyn dos Santos Souza, foi morta no dia 2 de abril, de forma brutal, com vários golpes na cabeça, em Putiri, na Serra. Na ocasião, ela e Maicon de Souza, 18, eram os alvos. Cremilson chegou a golpear ele com um facão, mas a vítima conseguiu escapar.Segundo o acusado, o direito de matar a adolescente se justificava pelo fato de ela e Maicon estarem ameaçando a vida dele, sob a acusação de que o ajudante de pedreiro passava informações dos dois para traficantes rivais no bairro.

“Eles ameaçaram a mim e a minha família, dizendo que eu estava ajudando os rivais deles no tráfico. Mas eu nunca falei nada sobre eles e nem tenho envolvimento com isso. Minha ficha sempre foi limpa. Sou uma pessoa do bem”, afirmou.

De acordo com o titular da Delegacia de Homicídios e Proteção à Mulher (DHPM), delegado Adroaldo Lopes, Cremilson e o irmão, um adolescente de 17 anos, pegaram um taco de beisebol e um facão, respectivamente, e foram atrás das vítimas, para matá-los antes que as ameaças fossem cumpridas.

“Eles receberam a informação que aquele seria o dia em que Maicon e Evelyn tentariam matar os dois. Por isso resolveram ir atrás deles”, afirmou.

Maicon conseguiu escapar dos golpes de facão do adolescente, mas Evelyn não teve a mesma sorte e foi atingida com quatro golpes na cabeça.

Cremilson foi preso nesta segunda, em Porto de Santana, Cariacica, após o delegado receber uma denúncia anônima. Ele foi autuado por homicídio duplamente qualificado e levado para o presídio.

PUBLICIDADE