Jovens são presas com 31 kg de maconha dentro de malas na Rodoviária

duas jovens são presas com maconhaDuas jovens foram presas com 31 kg de maconha ao desembarcar na Rodoviária de Vitória na madrugada desta sexta-feira (14).
A vendedora Sabrina Lucia Lacerda da Silva, 22 anos, e a artesã Kamilla Oliveira Costa, 23 anos, trouxeram a droga em duas malas, que estavam no bagageiro do ônibus.
Elas foram surpreendidas por policiais civis da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (Deten), que foram até o local após receber uma denúncia anônima.
As duas contaram em depoimento na delegacia que receberam a proposta para transportar a droga em uma boate. O contratante ofereceu R$ 1.200 para que a vendedora e a artesã trouxessem a droga de São Paulo para Vitória.
Elas foram para São Paulo, pegaram a maconha, não encontraram passagem direto para Vitória e seguiram para Minas Gerais. De Belo Horizonte, elas seguiram para a Capital capixaba e desembarcaram na rodoviária por volta das 2h desta sexta.
A polícia suspeita que a maconha seria distribuída em Vila Velha. A pessoa que estava esperando a droga chegou a ser identificada, mas conseguiu fugir para a região da Ilha do Príncipe.
Arrependimento
Arrependida e chorando, Sabrina contou que estava desempregada há dois meses e contou que o filho pequeno tinha ficado com a sogra enquanto ela fazia a viagem. A vendedora afirmou que só topou o negócio porque estava passando necessidade, já que precisava comprar coisas para o filho.
Malas com 31 kg de maconha apreendidas com Kamilla e Sabrina – Crédito: Gabriela Ribetti/ TV Gazeta
×
As jovens foram autuadas por tráfico e associação para o tráfico, com aumento da pena por ter usado transporte coletivo e interestadual. A pena pode variar de 5 a 25 anos de prisão. Elas não tinham passagem pela polícia.
Gazeta Online