Julian usa frase de juíza para Lula em conselho para filhas não aceitarem maus tratos

Deputado federal eleito pela Paraíba, Julian Lemos (PSL) elogiou a juíza Gabriela Hardt, pela resposta dada a Lula durante depoimento dele no caso do sítio de Atibaia. O amigo de Bolsonaro usou a frase em postagem no Instagram, na quinta-feira (15), para aconselhar suas filhas para que não aceitem maus tratos de “vagabundos”.

Na ocasião do depoimento do petista em audiência na quarta-feira (14), a sucessora de Sérgio Moro na Operação Lava Jato advertiu o ex-presidente sobre o tom que ele falava com ela.

A frase usada pela juíza Gabriela Hardt foi: “Se o senhor começar nesse tom comigo, a gente vai ter problema.” A magistrada respondeu dessa forma após Lula questionar da seguinte forma: “Eu sou o dono do sítio de Atibaia, ou não?”, referindo-se à acusação no processo em que ele é citado como beneficiário de reformas no imóvel feitas por Bumlai, pela Odebretch e pela OAS.

Julian usou a frase em imagem e completou na legenda: “Esse deve ser o tom que uma mulher deve falar com um vagabundo, sobretudo quando ele põe o dedo na cara dela. Viram Letícia, Juliana e Gabriela Lemos? Papai quer vocês assim. Ainda podem acrescentar… ‘Meu pai vai pegar você e te quebrar inteiro’!”

Ao final da legenda, o deputado federal eleito pela Paraíba em 7 de outubro acrescentou: “Parabéns Dr. Gabriela Hardt, você mostrou o que é uma mulher empoderada.”

ParlamentoPB