Justiça dos EUA nega novo julgamento para Chapo Guzmán

Justiça dos EUA nega novo julgamento para Chapo Guzmán

Um juiz de Nova York negou nesta quarta-feira (3) um novo julgamento para o ex-chefe do narcotráfico mexicano Joaquín “Chapo” Guzmán, após alegar que “uma montanha de provas” sobre sua culpa foi apresentada no processo.

O ex-chefe do cartel de Sinaloa, de 62 anos, foi declarado culpado em fevereiro pelo tráfico de centenas de toneladas de cocaína, heroína, metanfetaminas e maconha para os Estados Unidos durante 25 anos.

O anúncio da sentença será realizado no dia 17 de julho pelo juiz federal do Brooklyn Brian Cogan, e o traficante pode ser condenado à prisão perpétua.

A defesa do mexicano exigia um novo processo desde março passado, após o site Vice News ter publicado uma entrevista com um integrante do corpo do juri no qual revelou que vários jurados ignoraram as advertências do juiz e acessaram redes sociais e sites noticiosos em busca de informações sobre o caso durante o julgamento.

AFP