Lava Jato: Interpol prende doleiro brasileiro no Paraguai

Lava Jato: Interpol prende doleiro brasileiro no Paraguai

Denunciado na Operação Câmbio Desligo, desdobramento da Lava Jato no Rio de Janeiro, o doleiro brasileiro Bruno Farina foi preso pela Interpol na noite de quarta-feira (26) no Paraguai.

A detenção ocorreu na casa de Farina, que vivia no condomínio de luxo Paraná Country Club, localizado na cidade de Hernandarias, distante 15 quilômetros de Ciudad del Este e 11 quilômetros de Foz do Iguaçu. Ele deverá ser entregue às autoridades brasileiras nas próximas horas.

Segundo o Ministério Público Federal, Farina fazia parte do esquema do ex-governador Sergio Cabral para a promoção de evasão de divisas e lavagem dinheiro. Especula-se que o grupo tenha movimentado R$ 1,2 bilhão em 52 países, segundo o G1.

Minuto ao Minuto