Levantamento revela que nos últimos 20 anos 3.144 jovens foram mortos com ferimento por arma de fogo, na Paraíba

Levantamento feito pela Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), que analisou dados de 1997 a 2016, apontando mais de 145 mil mortes do tipo, no Brasil, mostrou que nos últimos 20 anos 3.144 crianças ou adolescentes foram mortos com ferimento por arma de fogo, na Paraíba.

 

As regiões Sudeste e Nordeste registraram dois terços do total de mortes no País. Entre os estados nordestinos, a Paraíba ocupa a sexta colocação no total de mortes. O estudo trata de ferimentos por arma de foto acidentais e intencionais, com vítimas de zero a 19 anos de idade.

 

A posição atual da PB nesse ano, foi a 17ª colocado, com 227 casos. Um dos últimos casos registrados na Paraíba, em 2016, aconteceu no dia 15 de dezembro, no bairro de Mangabeira, em João Pessoa, vitimando um adolescente de 13 anos. De acordo com a polícia, o garoto estaria envolvido com o tráfico de droga na região, onde existem muitas bocas de fumo e o crime foi motivado por vingança de rivais.

 

O levantamento da SBP levou em consideração os dados do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM), do Ministério da Saúde.

PB Agora