João Pessoa 11/12/2018

Início » Esporte » Lewa ultrapassa Di Stéfano e Henry na artilharia da Liga dos Campeões

Lewa ultrapassa Di Stéfano e Henry na artilharia da Liga dos Campeões

Robert Lewandowski atingiu a marca dos 50 gols pela Liga dos Campeões nesta terça-feira. Já parte do seleto grupo de maiores goleadores da competição, o atacante polonês ultrapassou duas lendas com seus gols na goleada sobre o Benfica, e de quebra entrou no pódio dos mais rápidos a atingir o número.

Que Robert Lewandowski é uma máquina de fazer gols, ninguém mais discute. Basta lembrar que o atacante passou dos 40 gols nas últimas três temporadas, feito raro na história do futebol mundial antes do nascimento da dupla Messi-Cristiano Ronaldo. Os seus dois gols no 5 a 1 contra o Benfica só atestam sua capacidade, colocando seu nome entre lendas do esporte.

Ao marcar o seu primeiro gol na noite de terça-feira, Lewandowski atingiu a marca de 50 na Liga dos Campeões e deixou para trás Alfredo Di Stéfano, ídolo maior do Real Madrid e autor de 49 gols na Europa. Ao fazer o seu segundo gol sobre os Encarnados, Lewa ultrapassou Thierry Henry, ídolo do Arsenal e da França, dono de 50 gols na competição.

Lewandowski é agora o sexto maior artilheiro da Liga dos Campeões, com 51 gols, e com possibilidades reais de pular mais duas posições ainda nesta temporada. Ruud van Nistelrooy, aposentado, tem 56. Benzema tem 59 e é uma meta mais improvável para já, até por ainda poder marcar seus gols pelo Real Madrid.

Cristiano Ronaldo é o maior artilheiro, com 121 gols, seguido de Lionel Messi, com 105. A dupla parece imbatível até para Lewa, mas ultrapassar Raúl na terceira posição pode ainda ser um objetivo de carreira, com 71 gols e já aposentado.

Terceiro mais rápido a chegar aos 50 gols

Com 30 anos de idade, Lewandowski está longe de ser um garoto e até parece curioso dizer que é o terceiro mais rápido a chegar aos 50 gols. A realidade é que, ao contrário de outros nomes na lista, Lewa demorou até ter suas primeiras oportunidades na principal competição da Europa.

A primeira participação de Lewandowski na Liga dos Campeões foi em 2011/12 e o jogador precisou de 77 jogos para chegar aos 50 gols. Apenas Ruud van Nilsterooy e Lionel Messi atingiram a marca em menos jogos: 62 para o holandês e 66 para Messi.

Maior artilheiro da Liga dos Campeões, Cristiano Ronaldo demorou a engrenar e precisou de 91 jogos para marcar os 50. Foi mais lento até que Benzema, que conquistou o feito em 89 partidas.

O Gol