Licença médica de deputada Paula frusta suplente derrotada Jane Panta que não consegue assumir ALPB

Foto: Paraíba Online

A frustração da gestão Tucana do prefeito Panta (PSDB) em Santa Rita-PB, continua, com se não bastasse a derrota   acachapante na eleição de 2018, de sua esposa a primeira Dama Jane panta ocupar a suplência no cenário político em eleitorado de 93 mil eleitores de Santa Rita,tendo em vista a terceira prefeitura rica mais rica do estado e, ter que esperar que adoeça algum deputado de sua base eleitoral para assumir uma cadeira., que agora ficou para mais adiante ou vai perdendo as esperanças como é o caso da reeleição de seu marido Emerson Panta, que bate recorde de rejeição de sua gestão e corre grande risco de ficar fora da prefeitura de Santa Rita, é fato.

De acordo com os bastidores nos corredores da assembleia legislativa a intenção de Jane Panta ascender a cadeira de deputada naquela casa legislativa, era tão somente de tentar uma aproximação com o governador João Azevêdo para pedir algumas obras para tentar melhorar a imagem queimada de seu marido o prefeito Panta, que prestes a completar três anos de gestão não consegue encetar um canteiros de obras que ficou mesmo só nas promessas de campanha, que agora no momento agora é de cobrança da população de Santa Rita e o prefeito vai ter que explicar a população aonde ele investiu uma fortuna que o terceiro orçamento do estado.

Os planos progressistas da Drª Jane Panta está indo por água abaixo como diz o ditado popular, a frustração vai tomando conta de seu eleitorado de 71% dos votos válidos da eleição de 2016, que após dois anos na eleição de 2018 só conquistou apenas pouco mais de 15% do eleitorado e a cada dia se complicando mais ainda e, segue a frustração que já abate e que já se pensam que “eu não posso e nem faço e ainda contar com a maior barreira com o governo do estado que é a venda da água da Cagepa e o povo vai tomar conhecimento em poucos dias.

Por fim., a deputada Drª Paula Frassinete solicitou da Assembleia Legislativa da Paraíba licença de 121 dias, para celebrar o acordo entre ambas progressistas e que finalmente a Junta Médica da Assembleia legislativa analisou e só cedeu apenas 60 dias de licença, frustando a sua estadia temporária na ALPB no período da LOA de 2020 e tentar justificar com pires na mão que pediu ao governo do estado as emendas que aumenta ainda mais a frustração dos políticos eleitos de sua base política que estão se distanciando exceto o deputado Federal Ruy Carneiro que obteve 1.650 votos em Santa Rita que carregou Panta nas costa e que ficou decepcionado.

Lamartine do Vale