Líder Anésio Miranda disse que vai recorrer da decisão CPI a justiça, houve quebra de acordo por parte de Joselito e julgamento é meramente político - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Líder Anésio Miranda disse que vai recorrer da decisão CPI a justiça, houve quebra de acordo por parte de Joselito e julgamento é meramente político

Anesio (2)O vereador e líder da bancada governista Anésio Miranda alegou após votação que derrotou o prefeito Reginaldo Pereira, na votação  por 18×1 que dá prosseguimento a comissão processante de apuração de infração político administrativo (CPI), disse que assessoria  jurídica do prefeito vai recorrer da decisão na justiça.

De acordo com o líder da bancada Anésio disse que tinha acordado para colocar em apreciação e na chamada da votação pelo arquivamento do processo de crimes de responsabilidade e isso não aconteceu que houve quebra por parte da palavra do presidente da casa, com isso, a bancada se confundiu e votou contra, mas estamos provocando a justiça para anular a sessão e pelo arquivamento do processo, haja vista que o um dos integrantes da comissão não foi consultado nos tramites do processo, alegou o vereador e líder da bancada.

Segundo o vereador Anésio Miranda mencionou que o relatório da CPI, lida em plenário disse que tinha opção de seguir a frente ou pelo arquivamento do processo e na hora da votação o presidente inverteu a chamada da pergunta que ele o vereador teria orientado a bancada a votar, com a inversão da chamada na votação toda bancada se confundiu e votou contra, o vereador disse anda que o próprio plenário vai pedir pelo arquivamento que possuímos a maioria, justificou Anésio Miranda.

Contudo, a comissão de processamento de apuração de infração prossegue político administrativo (CPI), prossegue e possivelmente terá um desfecho dentro de mais 90 dias, que chegará via tribunal pela anulação e arquivamento do processo dentro dos próximos dias quando a Câmara Municipal voltará do recesso, concluiu o vereador.

Lamartine do Vale, do Paraíba Urgente.