João Pessoa 20/05/2019

Início » Câmara em foco » Líder da oposição diz que Raíssa deve explicar aos eleitores adesão a prefeito “incompetente”

Líder da oposição diz que Raíssa deve explicar aos eleitores adesão a prefeito “incompetente”

Com a saída de Raíssa da bancada, a oposição fica reduzida a apenas seis vereadores na Câmara Municipal de João Pessoa.

O vereador disse que tentou demover Raíssa da sua decisão, que segundo ele, foi uma decisão pessoal (Foto: Walla Santos)

O líder da oposição na Câmara Municipal de João Pessoa, vereador Marcos Henriques (PT), lamentou a saída da vereadora Raíssa Lacerda (PSD) da bancada oposicionista para retornar à base do prefeito Luciano Cartaxo (PV), e afirmou que a parlamentar vai ter que explicar aos seus eleitores por que vai voltar a apoiar um prefeito que, “nas palavras dela mesma, é incompetente”.

Em entrevista ao ClickPB nesta quinta-feira (18), o vereador disse que tentou demover Raíssa da sua decisão, que segundo ele, foi uma decisão pessoal. Com a saída de Raíssa da bancada, a oposição fica reduzida a apenas seis vereadores na Câmara Municipal, além dele, também Léo Bezerra, Tanilson, Tibério Limeira, Sandra Marrocos e Bruno Farias.

Marcos Henriques disse, ainda, que não sabe explicar as cooptações de vereadores oposicionistas, como Lucas de Brito, Humberto Pontes e, agora, Raíssa Lacerda, mas assegura que não sejam decisões políticas.

O vereador Léo Bezerra, que também integra a bancada de oposição, limitou-se a dizer que “respeito a decisão, mas espero que ela saiba o que está fazendo”.

Sandra Marrocos, também vereadora que integra a bancada de oposição na Câmara afirmou em entrevista ao ClickPB que respeita a decisão de Raíssa. “Acho que ela tomou uma decisão diante do quadro dela, diante da avaliação que ela faz. Sinto muito, mas respeito”, ressaltou.

ClickPB