Líder de Cartaxo promete a guardas municipais PCCR, plano de aposentadoria e reajuste salarial

Com a promessa de um iminente reajuste salarial, plano de aposentadoria e Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR), o Dia da Guarda Municipal (GM) – celebrado em 10 de outubro – foi comemorado na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), na semana passada. A sessão especial foi proposta e presidida pelo vereador Milanez Neto (PTB), secretariada por Marcos Henriques (PT) e contou com a presença de Humberto Pontes (Avante).

O autor da solenidade destacou o aumento de responsabilidades e atribuições da corporação – antes focadas no patrimônio público –, que há dois anos trabalha com o uso de arma de fogo. Ele ainda destacou a convocação de mais de 300 guardas e que o cargo de comandante da corporação é ocupado por um de seus integrantes.

“Avançamos, mas precisamos vamos fazer mais. Progredimos na garantia da nova sede, no Centro, de mais armamento, veículos e fardamento. Agora, teremos que conseguir melhor remuneração para a GM, com a discussão de um plano de aposentadoria e do PCCR. Como líder do governo, tenho certeza de que o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), está quebrando a cabeça para a concessão desse reajuste salarial, algo que quero comemorar ano que vem”, garantiu Milanez Neto.

O promotor de Justiça João Geraldo enfatizou que o trabalho do Ministério Público está diretamente ligado à ações de órgãos de segurança, como a GM, e destacou como o ofício da corporação está alinhado com o da Polícia Militar, tanto em responsabilidades, quanto em importância. “Sinto-me feliz em ver as pessoas dizendo “avisa ao guarda” ou “telefona para a Guarda Municipal’”, lembrou. “Vejo em vocês o amor em servir, pela nossa profissão, pelas pessoas que mais necessitam de nossa ajuda”, relatou o Coronel Sena, da Polícia Militar.

  • ParaíbaJá