Líder nega rebelião na base e descarta convite a Sandra

Líder nega rebelião na base e descarta convite a Sandra

O líder do prefeito Luciano Cartaxo (PV) na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), Milanez Neto (PDT), negou que esteja havendo uma ‘rebelião’ na base governista depois que o Executivo entrou na justiça para evitar o cumprimento das emendas impositivas. Milanez falou especificamente sobre as queixas do vereador João Almeida (Solidariedade) que tratou como retrocesso a medida do gestor de judicializar o tema.

“Não está acontecendo nada. É uma bancada que pode falar. A a gente não cessa a palavra de ninguém e eu tive a oportunidade de explicar ao vereador João Almeida que quem primeiro judicializou foi a oposição. O que ele faz foi um desabado pensando que nós tínhamos judicializado”, disse Milanez.

O parlamentar voltou a alfinetar os adversários sobre o impasse criado em torno das emendas e disse que rebelião ‘pode ser que tenha na oposição’. “A única que posicionou e disse com quem ficava foi Sandra (sobre a crise no PSB)”, destacou o líder. Ele, porém, descartou que esteja havendo acenos de Sandra Marrocos para o governo.

“A vereadora está respondendo aos eleitores dela, saindo do discurso do quanto pior melhor. Se tem alguém que já mostrou a posição política que tem é a vereadora Sandra (em favor do ex-governador Ricardo Coutinho). Ela não tem que estar compondo conosco porque ela já se posicionou e a cidade de João Pessoa conhece isso”, garantiu.

Confira vídeo:

MaisPB