Liderança do Sertão centra fogo em Cássio e indaga: “Porque ficou três anos calado?”

geovar camposO ex-deputado estadual Jeová Vieira Campos (PSB) que possui uma forteliderança politica na região polarizada por Cajazeiras, concedeu entrevista exclusiva ao PB Agora nesta quinta (20) e rebateu com veemência os ataques feitos pelo senador Cássio Cunha Lima (PSDB) a gestão socialista. Segundo Jeová, o discurso do tucano é incoerente e inconsistente.

“É um discurso vazio e ele passou três anos no Governo caladinho, caladinho, caladinho! Se era esse governo do temor por que ele não disse antes?” questionou o pré-candidato socialista a ALP.

Para Jeová, Cássio é quem precisa dar explicações à sociedade.

“Esse é o governo do afago e do abraço, o governo de Ricardo, que está fazendo as estradas que ele (Cássio) nunca fez cinquenta e quatro municípios da Paraíba não tinham uma estrada asfaltada que lhe desse acesso: Carrapateira, São Bentinho a São José da Lagoa Tapada, Lastro a Vieirópolis, um conjunto de ações feitas por esse governo que a gestão anterior não fez!” frisou.

O socialista fez uso de um proverbio popular para ilustrar o discurso de Cássio Cunha Lima

“Ele está querendo encontrar chifre em cabeça de cavalo e o povo da Paraíba não é burro. A Paraíba vai fazer uma avaliação do que é esse governo exitoso de Ricardo Coutinho e a gestão Cunha Lima. Esse debate estamos querendo fazer!”, pontuou.

Quanto a criticas feitas por Cássio a falta de dialogo de relacionamento de Ricardo com diversos segmentos da sociedade, Jeová reagiu com ironia.

“Esse negocio de afago de abraço sem ter feito nada? Pelo menos não tem obra estruturante do ex-governador Cássio no estado da Paraíba, uma só não tem, procuro e não encontro! Vamos pro debate, deixa Cássio vir e estamos esperando ele”, alfinetou.

E você amigo internauta, acha que Jeová Campos tem razão nas suas declarações? Opine no espaço destinado aos comentários.

PB Agora