Liverpool dá sequência à epopeia de jogos de fim de ano

Klopp, técnico do LiverpoolFoto: Paul Ellis/AFP

Líder invicto da Premier League com oito pontos de vantagem, o Liverpool dará início a uma sequência desenfreada de jogos que pode complicar seu sonho de títulos, começando pelo clássico local contra o Everton, nesta quarta-feira (4).

Dez jogos: seis na Premier League, um na Liga dos Campeões, um na Copa da Liga e dois pelo Mundial de Clubes da Fifa. A programação dos Reds entre quatro de dezembro e dois de janeiro promete ser pesada.

O mês de dezembro, tradicionalmente movimentado na Inglaterra com o Boxing Day -dia seguinte ao Natal, quando uma rodada do Campeonato Inglês é disputada-, ganhou uma proporção gigantesca na temporada para os comandados do técnico Jürgen Klopp, que brigam em todas as frentes

Para os perseguidores do Liverpool, a agenda lotada do líder virou praticamente a última esperança de recolocar um pouco de emoção na briga pelo título da Premier League. Sem poder contar com o lesionado Fabinho, um dos pilares do meio de campo, para esta sequência de jogos, os Reds também não terá o goleiro Alisson, expulso contra o Brighton, para encarar o rival Everton na quarta-feira (4).

O Leicester, principal perseguidor do Liverpool e que vem de seis vitórias seguidas desde que perdeu para o líder em outubro (2×1), recebe o lanterninha Watford, que acaba de demitir o técnico, Quique Flores.

Ainda na briga pelo título, o Manchester City, que no fim de semana teve que se contentar com um empate com o Newcastle, não pode mais se permitir qualquer tropeço. A viagem até Burnley será a oportunidade para os comandados de Pep Guardiola tentarem se aproximar do Liverpool e, ao mesmo tempo, defenderem a vantagem de três pontos sobre o Chelsea, que encera o Aston Villa.

Atrás do top 4, a partida entre o Manchester United e o Tottenham promete emoções, com a volta de José Mourinho a Old Trafford, agora como técnico dos Spurs. A última partida da rodada, na quinta-feira (5), verá o Arsenal enfrentando o Brighton em busca de recuperação e afirmação na tabela.

Folhapress