LOA foi aprovada por unanimidade com restrição do deputado Lindolfo Pires às emendas de remanejamento.

LOA é aprovada por unanimidade na Comissão de Orçamento e segue para votação em plenário ainda nesta quinta

comissão aprova LOAA Lei de Diretrizes Orçamentárias (LOA) foi aprovada por unanimidade com restrição do deputado Lindolfo Pires às emendas de remanejamento.

O relator da Comissão, Caio Roberto (PR), foi o primeiro a votar pela aprovação em seguida, o deputado Lindolfo afirmou que não concordava com as presentes emendas de remanejamento e votou contrário ao parecer, porém decidiu votar favorável, com restrição.

Pastor Jutay Menezes seguiu o voto do relator e foi favorável a aprovação e finalizando, o deputado que está de saída da Casa, Vituriano de Abreu (PSC), líder do bloco PSC, PT e PP também votou a favor do parecer. Ele que estava representando o relator Frei Anastácio (PT).

Com a aprovação das emendas de remanejamento, a LOA contempla o Tribunal de Contas do Estado, a Defensoria Pública e o próprio poder legislativo. O remanejamento para a defensoria foi de R$ 22 milhões.

O deputado Lindolfo Pires justificou sua restrição as emendas de remanejamento estacando que foram remanejadas emendas de programas de governo que na prática vão inviabiliza-los, como por exemplo a verba que seria destinada para informatizar a estrutura do poder executivo.

Por unanimidade e voto com restrição do deputado Lindolfo Pires às emendas de remanejamento. A peça agora seguirá para a votação em Plenário.

 

Marília Domingues / Anderson Soares