Lucélio afirma que PSB não tem autoridade moral para criticar ‘acordão’

Lucélio afirma que PSB não tem autoridade moral para criticar ‘acordão’

luc--lio-cartaxo-310x245O presidente municipal do PSD, Lucélio Cartaxo, comentou nesta terça-feira sobre o processo de formação de uma frente ampla com vários partidos em torno da pré-candidatura a reeleição do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo e rebateu as críticas feitas por lideranças do PSB que descreveram a aliança como sendo um “acordão”.

“Vem o PSB e chama de acordão, no sentido pejorativo”, disse Lucélio relembrando todas as alianças feitas pelo partido para eleger o governador Ricardo Coutinho.

“O PSB não tem legitimidade, não tem autoridade moral para está falando em acordão de qualquer aliança que seja feita em João Pessoa ou na Paraíba porque já provaram de tudo”, afirmou.

Conforme Lucélio, a frente ampla, caso se concretize, será legítima e composta por partidos importantes que contribuem para o crescimento do estado. “Existe um projeto para a cidade e se esses partidos que é importante essa união para crescimento do projeto, serão bem-vindos”, destacou.

Segundo ele, as negociações com o PSDB estão mais avançadas, levando em consideração que o partido não possui pré-candidatura própria na Capital e que os vereadores tucanos integram a base do prefeito desde o início da gestão. Sobre uma composição com o PMDB, o presidente afirmou que respeita a pré-candidatura de Manoel Junior.

As informações foram veiculadas no programa Correio Debate, da 98 FM.

MaisPB