Luceninha renuncia à Prefeitura de Cabedelo; vice-prefeito Leto assume ainda nesta 4ª

luceninhaO prefeito do município de Cabedelo, José Maria de Lucena Filho (Luceninha), renunciou ao cargo. Ele encaminhou ofício à Câmara de Vereadores comunicando sua decisão e pegou a todos de surpresa. Quem deve assumir o cargo ainda nesta quarta-feira (20) é o vice-prefeito Wellington Viana Santos. Ambos foram eleitos no ano passado pelo PMDB.

O presidente da Câmara Municipal, Lucas Santino da Silva, que dará posse a Wellington Viana, conforme artigo 65, paragrafo 4, da Lei Orgânica do Município de Cabedelo, em sessão extraordinária convocada para às 17h.

Em ofício endereçado ao juiz da Comarca, João Marchado do Sousa Júnior, o prefeito Luceninha destaca que tomou a iniciativa de renunciar por entender que a gestão da cidade ficará em melhores mãos se administrada pelo vice-prefeito, a quem considera “sucessor natural”. Luceninha frisa que teve “coragem e desprendimento público” ao decidir pela renúncia.

Presidente da Câmara Municipal de Cabedelo, Lucas Santino, amigo pessoal de Luceninha, também foi pego de surpresa. Outro ofício comunicando a renúncia foi encaminhado a ele pelo próprio Luceninha. A Câmara deve ser convocada em sessão extraordinária para empossar Leto, como é mais conhecido o vice-prefeito.

A informação foi trazida em primeira mão pelo programa Correio Debate, da 98 FM, através do jornalista Fabiano Gomes.

Em participação no programa Correio Debate, na 98FM, o presidente da Câmara de Vereadores revelou que problemas financeiros podem ter sido o motivo da renúncia do peemedebista. Para ele o gestor não pode ficar no cargo apenas por vaidade. “Ele assumiu a Prefeitura com muitas dívidas das gestões passadas e ficou muito difícil de se administrar. É por isso que está chegando a esse contexto e essa decisão”, avaliou.

Para o presidente da Câmara a renúncia de Luceninha foi “um ato de coragem e de muita dignidade”.

 

Luceninha e LetoFoto: Luceninha e Leto
Créditos:Reprodução/InternetPortal Correio