Luciano Todo Duro e Reginaldo Holyfield prometem casa cheia em novo tira-teima no Recife

todo duro e rolifieldeChegou o grande dia. Com promessa de casa cheia, após 11 anos, o pernambucano Luciano Todo Duro e o baiano Reginaldo Holyfield voltam aos ringues na noite desta terça-feira (11), em duelo previsto para as 22h30, no Clube Português – a primeira luta começa às 19h. Os pugilistas se enfrentam pela sétima vez. Anteriormente, foram três vitórias para cada um. Os lutadores voltarão a se enfrentar em dezembro, na Bahia.

A pesagem foi realizada em clima pouco amistoso na última segunda-feira (10). A diferença em relação aos últimos encontros é que não houve troca de agressões. A ocasião foi marcada por muitas provocações e brincadeiras por parte de ambos, algo que vem acontecendo há algum tempo nas redes sociais.

Jedson Nobre/Folha de Pernambuco

Todo Duro: “Já pode ir preparando o caixão e o enterro porque eu vou ‘amassar’ esse baiano”

O pernambucano, com 82 kg, fez um prognóstico para o combate e ironizou o rival. “Se ele (Holyfield) começar partindo para cima vai perder. Mas se ele boxear, a luta irá durar um pouco mais”, ironizou. “Já pode ir preparando o caixão e o enterro porque eu vou ‘amassar’ esse baiano”, completou, apontando para o seu advogado. Quando o rival subiu na balança, Todo Duro brincou. “Quanto mais pesado ele estiver, melhor para mim. Ele fica mais lento e eu bato mais fácil nele. Não vai aguentar, não”.

Provocado, o pugilista baiano, de 86 kg, não deixou barato na resposta. “Isso é coisa de pernambucano. Tenho mais raiva ainda. É bom porque fico com mais vontade de ganhar. Acredito que não teremos a segunda luta porque vou ganhar dele logo no início com um cruzado e um gancho”, declarou. Momentos engraçados foram protagonizados. O que mais arrancou risadas dos presentes na pesagem foi quando Holyfield subiu na balança e o pernambucano o chamou de robô.

Jedson Nobre/Folha de Pernambuco

Holyfield: “Tenho mais raiva ainda. É bom porque fico com mais vontade de ganhar”

Com 50 anos, Luciano Todo Duro falou sobre a sua preparação para a luta. “Sempre me mantive na ativa e nunca deixei de fazer atividade física. Nos últimos seis meses, eu me preparei mais intensivamente e consegui ganhar 6 kg”.

O duelo será precedido por nove lutas, entre pugilistas de Alagoas, Paraíba e Pernambuco. As oito primeiras terão três rounds, a penúltima com cinco e a principal, seis. Os portões serão abertos às 18h30 e a primeira luta começará às 19h. Foram colocados à venda 4.980 ingressos e, até esta segunda (10), 3.500 já haviam sido comprados.

Ingressos
Há poucos bilhetes disponíveis para a “Luta do Século”. Para o público geral, o custo é de R$ 50. Já a área vip, embaixo do ring, é vendida a R$ 80 e o camarote, para dez pessoas, sai por R$ 1 mil. Os bilhetes podem ser adquiridos no Clube Português.