Luto na advocacia: Yanko Cyrillo morre vitima de infarto em JP - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Luto na advocacia: Yanko Cyrillo morre vitima de infarto em JP

yANKO CIRIRLOFaleceu na manhã desta quinta-feira (27) em seu apartamento no bairro de Manaíra, em João Pessoa, aos 84 anos, o advogado Yanko Cyrillo, vítima de infarto.Ele era pai de quatro filhos, dois deles também advogados: João Cyrillo Neto e Yanko Filho.

Yanko Cyrillo era um dos mais respeitados profissionais da categoria e dono de um vasto conhecimento jurídico e literário. Seu filho João Cyrillo é procurador da Assembleia Legislativa. Já Yanko Filho dividia com ele o escritório de advocacia localizado por trás da Praça Pavilhão do Chá.

O advogado ocupou vários cargos de direção na Ordem dos Advogados do Brasil da Paraíba, onde era conselheiro. Era bastante respeitado por sua atuação como presidente do Conselho de Ética da entidade.

A família deve atender pedido feito em vida pelo advogado para que ele fosse cremado após a morte. O procurador da Assembleia Legislativa João Cyrillo informou que ainda não está confirmada a hora desta cerimônia. A família está aguardando a liberação do corpo e em seguida o levará para o crematório, que fica na BR – 230 em Cabedelo, região metropolitana de João Pessoa.

Yanko era natural de São José de Piranhas e em 2012 recebeu o Título de Cidadão Pessoense. Em seu discurso, disse que a homenagem o fez ter renascido em João Pessoa e recebia com muita alegria e contentamento o título.

Na tribuna, o autor da propositura Bruno Farias, fez uma retrospectiva da vida do homenageado, desde a infância, adolescência, até os dias de hoje, levando em consideração seus conhecimentos, atuações no meio jurídico e destacando alguns fatos pitorescos. “Doutor Yanko é uma das glórias da advocacia paraibana. São mais de sessenta anos dedicados à advocacia”, destacou. Farias destacou ainda que o homenageado é um dos maiores tribunos do mundo jurídico paraibano, egresso na primeira turma de Direito da Faculdade de Direito da Paraíba, que formou-se em 1955. “Yanko Cyrillo é um dos notáveis conhecedores da literatura jurídica e humanística desse Estado”, acrescentou.

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-seccional Paraíba), Odon Bezerra, considera Yanko como sendo uma referência da advocacia paraibana. “Um dos decanos da advocacia. Um exemplo para os jovens advogados, de brilhante saber jurídico”, observou. Já o advogado José Mário Porto entende que a Câmara dos Vereadores resgata e reconhece um dos decanos da advocacia como filho de João Pessoa. “É uma homenagem das mais significativas para o advogado Yanko, que dedicou toda a sua vida a esta cidade”, completou.

 

Portal Correio