Magnata pró-ocidental vence presidencial ucraniana no 1° turno - :: Paraiba Urgente :: Portal de Notícias

Magnata pró-ocidental vence presidencial ucraniana no 1° turno

Magnata ucranianoO milionário pró-ocidental Petro Porochenko é dado como favorito para vencer a eleição presidencial ucraniana realizada neste domingo (25). Segundo pesquisas de boca de urna, ele teria obtido 56% dos votos, o que garante a vitória já no primeiro turno, bem à frente da ex-primeira-ministra Iulia Timochenko, líder da Revolução Laranja, que recolheu apenas 13% dos votos.

O empresário de 48 anos, que já foi ministro em dois governos precedentes, fixou como prioridade pôr fim à guerra nas regiões separatistas do leste, onde praticamente não houve votação, e aproximar a Ucrânia da União Europeia. Antes da proclamação oficial dos resultados, ele disse que irá às regiões de Donbass, onde separatistas pró-russos enfrentam o Exército ucraniano há várias semanas, com o objetivo de “trazer a paz de volta à Ucrânia”.

Como era esperado, os ucranianos da região oeste do país, incluindo a capital Kiev, compareceram em massa às urnas para escolher um novo presidente, na esperança de encerrar seis meses de crise política. Mas nas regiões leste e sul, principalmente em Donetsk e Lugansk, onde os separatistas proclamaram repúblicas independentes, os eleitores foram impedidos de votar.

Um fotógrafo italiano, Andrea Rocchelli, e seu intérprete russo, Andrei Mironov, morreram na noite do sábado quando faziam uma reportagem sobre os confrontos entre o Exército e separatistas perto de Slaviansk. Eles foram atingidos por tiros de morteiro. O jornalista francês William Roguelon sobreviveu ao ataque com ferimentos nas pernas.

 

RFI