Magrão se prepara para retomar a camisa 1

magrãoPolêmicas à parte, aprender com os fracassos na Copa do Nordeste e no Campeonato Pernambucano para seguir em frente é a ordem na Praça da Bandeira. Após a perda do Estadual para o Santa Cruz, os comandados de Oswaldo de Oliveira se reapresentaram ontem, no Centro de Treinamento José Médicis, em Paratibe. Porém, quem atuou contra a Cobra Coral não foi ao gramado, realizando apenas um trabalho regenerativo na academia.

Entre os “reservas”, um nome de peso deu início a uma semana especial na sua carreira profissional. Não, não se trata de um jovem iniciante que está prestes a fazer a sua estreia – longe disso -, mas sim de um dos maiores ídolos da história do Sport Club do Recife: o goleiro Magrão.

Com a venda de Danilo Fernandes para o Internacional, o veterano retorna ao posto de titular. Curiosamente, o seu último jogo com esse status foi realizado justamente contra o Flamengo, o próximo adversário do Leão, sábado à tarde, na rodada de abertura do Brasileirão 2016. No dia 17 de maio do ano passado, no empate em 2×2 contra os cariocas, Magrão sofreu uma luxação no ombro direito já no final da partida.

Com a gravidade da contusão, levou três meses para voltar a atuar, o que aconteceu no dia 19 de agosto, contra o Bahia, pela Sul-Americana, quando Danilo foi poupado. Porém, não conseguiu reconquistar a camisa 1. Nesta temporada, Magrão atuou em apenas quatro jogos, sendo três como titular. Ontem, o Internacional apresentou oficialmente o arqueiro Danilo Fernandes. Até a última segunda-feira, os dirigentes leoninos aguardavam o depósito da multa rescisória por parte dos gaúchos, que gira em torno de R$ 1,5 milhão.

Entre retornos e partidas, quem ainda terá que esperar mais um pouco para fazer a sua estreia com a camisa do Sport é o costa-riquenho Rodney Wallace. O meia canhoto de 27 anos viajou ontem para a Argentina, onde foi resolver pendências do seu visto de trabalho, com retorno ao Recife programado apenas para amanhã, quando a delegação leonina embarca para o Rio de Janeiro. Contratado no dia 30 de março e com passagens pela seleção da Costa Rica, Rodney deve atuar apenas na segunda rodada, contra o Botafogo, na Ilha do Retiro.

GAROTADA
Se os profissionais não andam bem das pernas, o time sub-17 do Sport vem fazendo bonito. Na primeira partida da semifinal da Copa do Brasil da categoria, o Leão goleou o Fluminense ontem, no Rio de Janeiro. No jogo de volta, dia 18, na Ilha do Retiro, os pernambucanos podem perder por até 3×0 para conseguir a classificação à final nacional, já que marcaram quatro gols fora de casa. Caso avance, o Rubro-negro pegará o vencedor de Corinthians x Cruzeiro.

Folha de Pernambuco