Mais uma vez genial, Messi comanda goleada sobre Valladolid e Barça dorme líder

Em mais um dia genial de Lionel Messi, que marcou dois golaços e deu duas assistências, o Barcelona goleou o Valladolid, no Camp Nou, por 5 a 1, e assumiu a liderança provisória do Campeonato Espanhol.  Os Blaugrana chegaram aos 22 pontos em La Liga e dormem na ponta. A única equipe que pode passar é o Granada, que joga na quinta-feira (31) contra o Getafe e volta a ser primeiro em caso de vitória.

O Valladolid fica em nono.  Gol cedo e Messi O Barcelona não demorou muito a sair na frente. Logo no segundo minuto de jogo, a zaga do Valladolid falhou em afastar cruzamento de Lionel Messi e Lenglet acertou um bonito chute de canhota: a bola tocou no travessão, quicou na linha e morreu na rede.  O time visitante não abaixou a cabeça e, nos minutos seguintes, mandou dois arremates perigosos.

Waldo quase empatou um duelo que começou animado. O Barça não assumiu o protagonismo que se esperava e Kiko Olivas, pegando sobra de defesa de Ter Stegen, deixou tudo igual.  Os catalães tinham muita dificuldade para jogar, mas Messi tranquilizou as coisas com um passe genial. O argentino enfiou bola na medida para Vidal, que desviou na área e tirou do goleiro para recolocar sua equipe em vantagem.

Foi daquelas noites que Messi carregou nas costas. Aos 34 minutos, La Pulga teve falta cobrar e, com a perna canhota, mandou a bola perfeita: na direção perfeita, com a curva perfeita, em velocidade suficiente para não dar chance alguma ao goleiro Masip: 3 a 1 na conta dele. O craque argentino ainda ficou perto do quarto em outra grande cobrança de falta, dessa vez defendida pelo goleiro.

Goleada e mais Messi O 3 a 1 deixou o jogo pouco interessante na volta do intervalo. O Valladolid, perigoso em boa parte do primeiro tempo, abaixou a cabeça e deixou o Barcelona dominar por completo a partida. Deixou, também, Messi se manter soberano.  O argentino marcou mais um belo gol para transformar a vitória em goleada.

O camisa 10 recebeu na entrada da área, dominou com extrema categoria e, de perna canhota, bateu cruzado para vencer mais uma vez Masip: 4 a 1, e o baile seguiu.  Baile principalmente de Messi, que faria chover se quisesse.

O argentino deixou o quinto com Luís Suárez, que agradeceu o companheiro. Poderia ter sido até mais, e Messi, nos acréscimos, ainda viu o triplete ficar só no quase.

O Gol