Manaíra Shopping terá que fechar entrada de estacionamento irregular

manaira shoppingO Shopping Manaíra se comprometeu a fechar por completo a entrada de veículos existente, de forma irregular, na Avenida Governador Flávio Ribeiro Coutinho, em frente a uma faixa de pedestre e a restabelecer o nível da calçada em toda a área do estabelecimento, no prazo de 10 dias.

O compromisso foi assumido na quarta-feira (10) em audiência realizada pela 2ª Promotoria do Meio Ambiente e Patrimônio Social.

Participaram da audiência presidida pelo promotor de Justiça João Geraldo Barbosa, o proprietário do shopping, Roberto Santiago, os representantes da Superintendência de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob-JP), Adalberto Araújo e José Augusto Morosine, e da Secretaria Municipal de Planejamento (Seplan), Marcus Vinicius Bezerra, e o procurador do Município, Antônio Cadete.

De acordo com o promotor João Geraldo, com o fechamento da entrada de veículos, o shopping vai regularizar as obras realizadas indevidamente adequando-as ao projeto original aprovado pela Prefeitura Municipal de João Pessoa, que não previa abertura de entrada para estacionamento pela Avenida Governador Flávio Ribeiro Coutinho.

Além disso, o estabelecimento se comprometeu a realizar obras na área interna do shopping que ainda se encontram em desacordo com o projeto aprovado pela prefeitura.

O promotor solicitou ainda à Semob que apresente um projeto que atenda aos interesses da sociedade quanto aos problemas de mobilidade enfrentados naquela avenida, que registra frequentes engarrafamentos e comprometimento do trânsito.

O promotor ressaltou que, em audiência realizada no dia 27 de maio de 2015, a Semob havia se comprometido a apresentar estudo técnico sobre a mobilidade naquela área. Ficou acordado que a superintendência vai apresentar o projeto em 15 dias.

Ainda segundo João Geraldo, a Semob se comprometeu a buscar junto à Semob de Cabedelo a autorização para implantação de faixa de pedestre interligando a calçada do Centro Comercial Viamar e um condomínio residencial, já que se trata de uma área que fica na divisa entre João Pessoa e Cabedelo.

FONTE: Da Redação com Ascom