Manoel Jr piora clima no PMDB e alfineta Gervásio Maia sobre aliança com RC

manoel junioe avisaO deputado federal Manoel Júnior (PMDB) não conseguiu melhorar o clima dentro do seu partido após a reunião ocorrida ontem, quinta-feira (20) em Brasília.  O parlamentar resolveu colocar o seu nome na disputa para continuar comandando o diretório municipal do PMDB, não respeitando um acordo que tinha sido firmado com o deputado estadual Gervásio Maia há dois anos atrás.

O motivo para querer disputar o comando da legenda foi a postura de crítica de Gervasinho para com ele em respeito dessa quebra de palavra em relação a alternância de poder na sigla. Além disso, Manoel Júnior ainda alfinetou, dizendo que essa mudança de pensamentofaz parte da democracia e vê como fraca a argumentação do “colega” de partido que pensa em deixar a legenda por causa desse imbróglio sem solução.

“Estou visando uma disputa democrática dentro da legenda. Se Gervásio pensa em sair porque está sendo desagradado, nada posso fazer. E se Gervásio quer ser presidente do PMDB de João Pessoa, deve disputar o diretório no próximo dia 30. Esse é o caminho certo, essa é a forma democrática de se fazer, disputando e vencendo. Mas quem não gosta de democracia, prefere acordão, e eu não quero seguir esse caminho. Se os diretorianos quiserem me reconduzir, tudo bem. Se não quiserem, vou aceitar o resultado das urnas”, revelou Manoel Júnior que preside o partido até o dia da eleição, a ser realizada no dia 30 de outubro.

Para Manoel Júnior é importante sua postulação para garantir a candidatura própria da legenda nas eleições de 2016 em João Pessoa e afastar, qualquer possibilidade do Governador Ricardo Coutinho (PSB) querer usar o PMDB para seus interesses através da sua aliança com a sigla. O peemedebista ainda soltou mais um veneno e acusou Gervasinho de subserviência ao líder socialista.

“Essa tentativa do governador de tomar de assalto o PMDB para apoiar suas pretensões pessoais já era esperada. O que me surpreende é a disposição de alguns peemedebistas de cederem. Minha pretensão de disputar o diretório do PMDB é para fazer o partido ter candidato próprio à prefeitura”, declarou Manoel, acrescentando que a subserviência a que ele se refere seria do deputado Gervásio Filho.

PB Agora