Manoel Jr tacha Charliton de desinformado

MANOEL JÚNIORO deputado federal Manoel Júnior (PMDB/PB) negou, em entrevista nesta terça-feira (18), que tivesse indicado cargos no governo da presidente Dilma, assim como insinuou, nas redes sociais, o presidente do PT na Paraíba, Charliton Machado.

O parlamentar não apenas reagiu, como tachou o dirigente petista de “desinformado” e “truculento”.

“Esse cidadão é extremamente desinformado. Além de truculento ele não sabe o que diz. Primeiro eu não tenho nenhum cargo no plano federal. Ele fique à disposição para pedir esses cargos, se ele souber. Segundo, venho dando sustentação ao governo Dilma desde o início do meu mandato, mas esse governo que se deteriorou, e não foi pela ação do PMDB, mas sim pela ação de membros e correligionários desse cidadão aí”, alfinetou.

Segundo Charliton, Manoel Júnior tem, por exemplo, influência nas indicações do INSS, entre outros.

Júnior disse ainda que cumpre o papel de apoio irrestrito ao PMDB e não a Eduardo Cunha, como também insinuou Charliton em postagem, e destacou que só permanece, ainda, na base do governo Dilma, a pedido do vice-presidente Michel Temer.

“Eu cumpro meu papel não de apoio a Eduardo cunha, mas de apoio ao PMDB, ao meu partido, que vem em um profundo desgaste para sustentar o governo que se deteriorou ao longo do tempo e nós só continuamos na base do governo porque Michel Temer tem nos pedido, mas a relação do governo com o congresso é ruim. Dilma não tem tido sorte nem boa condução nesse processo, aliás, nós estamos fazendo mais que aquilo que deveríamos fazer”, disse.

O PMDB, conforme Júnior, é aliado do governo, mas o PT só reconhece isso nos momentos de crise. “Nos momentos de bonança só esse pessoal do PT aí que é do governo”, lamentou.



Márcia Dias

PB Agora