Manoel Júnior afirma que não lhe compete pedir para que o PMDB deixe os cargos no Governo do Estado

manoeljunior-cargosO deputado federal Manoel Júnior e pré-candidato a Prefeitura de João Pessoa pelo PMDB, disse durante entrevista ao programa Rádio Verdade do Sistema Arapuan desta segunda-feira (16) que não lhe compete decidir ou não sobre a saída dos peemedebistas  que ocupam cargos no Governo do Estado.

“Se o PMDB está sendo pressionado a deixar os cargos no governo do Estado isso compete apenas ao governador tomar essa decisão de exonerar todo mundo, mas se o PMDB se sentir instável, cabe ao partido decidir porque eu não participei e nem votei nesse governo, mas quero lembrar ao governador que ele foi eleito em 2014 graças ao apoio do PMDB ”, afirmou o deputado.

Novo aliado: sobre o ingresso de Ricardo Marcelo no PMDB, Manoel Júnior afirmou que “ele será um cabo eleitoral da nossa candidatura aqui em João Pessoa até porque ele não está na disputa pela vaga de candidato a prefeito e se fosse seria bem aceito e respeitado”, completou.

Continuidade das obras – Manoel Júnior disse não ter dúvidas de que quem irá entregar a obra da transposição do Rio Francisco será o atual presidente Michel Temer, “ porque nós estaremos juntos em favor da Paraíba e não vamos admitir absolutamente nenhuma perda e quero deixar claro que as únicas obras estruturantes que estão acontecendo aqui no Estado deve-se agradecer a bancada federal da Paraíba.

Redação