Maranhão evita polemizar declaração de RC sobre apoio do PMDB ao candidato do PSB: “Tem total direito”

Plenário do Senado Federal durante sessão deliberativa extraordinária.
Em discurso, senador José Maranhão (PMDB-PB).
Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

“Contra fatos não há argumentos. Não tenho muito o que dizer. Apenas frisar: contra fatos não há argumentos”, a frase é do senador José Maranhão (PMDB) sobre a pesquisa realizada pelo Instituto Opinião, de Campina Grande, na cidade de Patos, e divulgada no Blog do Gordinho, apontando o peemedebista na dianteira com 29,2% das intenções de voto para a disputa ao Governo do Estado em 2018.

Maranhão tem mais que o dobro do segundo lugar, o secretário João Azevedo (PSB), candidato do governador Ricardo Coutinho, que aparece com 14,0%. O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), surge nessa pesquisa em terceiro com 12,2%.

“Não resta duvidas que é um fato agradável e que me deixa feliz. É bom saber que o povo da Paraíba ainda se recorda do trabalho que fizemos e o que muito poderemos fazer se formos convocados outra vez. Não caio em deslumbramento, como muitos políticos, mas fico feliz e grato e recebo com humildade respeitando a opinião do meu estado”, acrescentou.

A respeito da declaração do governador Ricardo Coutinho, de que o PSB não trabalha com plano B para o pleito do próximo ano, colocando, a princípio, um fim nas especulações de uma possível abertura para o próprio PMDB, Maranhão evitou polemizar.

“O PMDB já manifestou desejo de ter candidato próprio e eu estou à disposição, nada tenho mais a acrescentar. O governador tem total direito de indicar o candidato do seu partido”, pontuou.

Blog do Gordinho