Maranhão minimiza participação do PMDB nas gestões Cartaxo e RC e descarta “plano B”

O senador José Maranhão (PMDB), presidente estadual do PMDB e também pré-candidato ao Governo do Estado, declarou, durante evento da bancada federal com mais de 140 representantes de municípios paraibanos, na manhã desta segunda-feira (23), que a sigla não faz parte do Governo de João Pessoa. Apesar de ter alguns cargos, Maranhão criticou a forma de como o partido não participa da gestão como formulador de políticas públicas e deixou à disposição, os cargos que a legenda possui na prefeitura da Capital.

“O PMDB coloca os poucos cargos que têm na esfera do município de João Pessoa à disposição do prefeito. O PMDB não se posiciona em defesa de cargos, seja eles quais forem. E, também, porque o PMDB entende que participar de um governo significa participar das formulações das políticas públicas e o PMDB não foi convidado para ter essa participação em qualquer governo”, disse.

Sobre um possível plano B para composições em 2018, o senador disse que não existe plano A, nem B e manteve a tese de candidatura própria como único caminho.

“Não existe candidatura que não seja para valer, ou é ou não é. Eu me lembro que me perguntaram anteriormente qual seria o plano B do PMDB e a minha resposta foi curta e grossa: não tem plano B. Quem tem plano B, não tem nem plano A, não tem plano nenhum. O PMDB terá candidatura própria para o Governo do Estado porque essa foi uma deliberação da Executiva Estadual há alguns meses”, explicou Maranhão.

PB Agora