Maranhão vê espaço para Cartaxo e RC na mesma mesa em sua festa: ‘dever de conviver socialmente’

O senador Cássio Cunha Lima (PSDB) que já jantou com Maranhão esta semana em Brasília não deve comparecer ao aniversário de 84 anos do senador em João Pessoa. Além dele, o governador Ricardo Coutinho (PSB) ainda não foi confirmado e depende da agenda.

O jantar que vai acontecer nesta sexta-feira (15) promete colocar lado a lado adversários políticos na Paraíba.

Ainda sem a presença do governador confirmada, o senador afirmou que acredita que há espaço para Cartaxo e Ricardo na mesma mesa: “Todos nós políticos temos o dever de conviver socialmente”.

Maranhão confirmou a presença do vice-prefeito da Capital, Manoel Júnior, que é “companheiro de partido”. Já sobre Ricardo, o senador explicou que o governador ligou para a sua esposa e disse que tinha um compromisso de viagem fora do estado, mas que se pudesse apareceria.

A respeito de Cássio, o peemedebista lembrou que o tucano já esteve reunido com ele em Brasília e que afirmou que não poderia comparecer em João Pessoa. Sobre Romero, Maranhão disse que não tinha a lista e convidados, mas que acreditava que o prefeito campinense está na lista.

Humilde, o senador disse que o jantar será uma coisa singela, mas que de qualquer maneira devem comparecer figuras importantes do partido. Ele ainda negou que haja bajulação e ressaltou a relação de amizade.

Questionado sobre quem não pode faltar, Maranhão brincou: ‘minha esposa e meus filhos”. Rindo ele afirmou que não poderia dizer que uma pessoa, ou duas não podem faltar porque “a pior coisa do mundo é a omissão”.

Redação com Maurílio Júnior