João Pessoa 24/05/2019

Início » Paraíba » Márcio Murilo assume presidência do TJPB com compromisso de investir em tecnologia e priorizar o 1º Grau

Márcio Murilo assume presidência do TJPB com compromisso de investir em tecnologia e priorizar o 1º Grau

Também tomaram posse o vice-presidente e o corregedor-geral, desembargadores Arnóbio Alves Teodósio e Romero Marcelo da Fonseca Oliveira, respectivamente.

O novo gestor também exaltou a necessidade de conciliação com todos os pares, juízes e servidores (Foto: Reprodução)

Tecnologia, economia e priorização do 1º Grau. Esses foram alguns dos pilares de trabalho apontados pelo novo presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba, desembargador Márcio Murilo da Cunha Ramos, empossado durante solenidade na tarde desta sexta-feira (1º), junto aos demais membros da nova Mesa diretora do Judiciário estadual: o vice-presidente da Corte de Justiça e o corregedor-geral, desembargadores Arnóbio Alves Teodósio e Romero Marcelo da Fonseca Oliveira, respectivamente.

A solenidade ocorreu no Auditório Ariano Suassuna, do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB). Foram empossados, também, o ouvidor-geral de justiça, desembargador José Aurélio da Cruz, e o diretor da Escola Superior da Magistratura (Esma), desembargador Marcos Cavalcanti de Albuquerque.

Ao discorrer sobre os planos voltados para o biênio que se inicia (2019/2020), o presidente empossado falou sobre a Priorização do 1º Grau de jurisdição. “O enxugamento de cargos comissionados do 2º Grau de jurisdição vai gerar uma economia em torno de R$ 14 milhões, nos dois anos, que será repassada ao 1º Grau, para que cada juiz tenha seu assessor e os servidores tenham as condições necessárias para prestar o melhor trabalho ao jurisdicionado”, destacou Márcio Murilo.

O novo gestor também exaltou a necessidade de conciliação com todos os pares, juízes e servidores. “Quero chamar a todos para o engajamento em prol de um corpo de magistrados e servidores pro-ativos, que sirvam à sociedade. Queremos oferecer dignidade aos servidores de todas as regiões. Tentaremos fazer muito com pouco, diante do orçamento, que será restrito”, afirmou.

Sessão solene – Durante a solenidade, foi apresentado um vídeo documentário, produzido pela Diretoria de Comunicação Institucional, com os feitos realizados pela gestão do desembargador Joás de Brito Pereira Filho, que transmitiu o cargo ao colega desembargador, desejando-lhe sorte em seu novo mister e agradecendo a todos que colaboraram com as atividades nos últimos dois anos.

“Sinto-me, hoje, aliviado por ter cumprido a missão que me foi dada e estar entregando a gestão, com os resultados que obtivemos. Resgatamos a autonomia do Judiciário e isso foi um intento importantíssimo”, ressaltou Joás de Brito.

Em seguida, os membros da Mesa Diretora, assim como os demais empossados, prestaram o compromisso regimental de posse, assinaram os devidos termos e, na sequência, foram saudados pelas autoridades.

A cerimônia também contou com apresentações realizadas pelo Quarteto de Cordas da Orquestra do Alto do Mateus Emsemble, do Programa de Inclusão através da Música e das Artes (Prima); e pela Banda de Música da Polícia Militar da Paraíba, sob a regência do Capitão Alexandre Maracajá.

Presenças – Compareceram à solenidade representantes do Governo do Estado e do Município, Assembléia Legislativa, Tribunal Regional Federal da 5ª Região, Tribunal Regional do Trabalho 13ª Região, Tribunal de Contas, Forças Armadas, Polícia Federal, Associação Nacional de Desembargadores, Associação dos Magistrados do Brasil e da Paraíba, Ministério Público, Defensoria Pública, entidades religiosas, desembargadores de outros Estados da Federação, amigos e familiares dos empossados.

ClickPB