Mbappé e Di María garantem virada do PSG e título da Supercopa

Mbappé e Di María garantem virada do PSG e título da Supercopa

O Paris Saint-Germain levou um susto contra o Rennes na abertura da temporada na França, mas acabou por conseguir sua primeira virada em 2019/20. Sem Neymar, Mbappé e Di María garantiram o título da Supercopa com gols no segundo tempo e vitória de 2 a 1. Os primeiros 45 minutos do PSG não foram bons, mas ainda assim já foram o suficiente para expor a diferença técnica entre o campeão francês e o rival mais modesto.

Mas o Rennes surpreendeu na final da Copa na temporada passada, e por pouco não surpreendeu também na Supercopa. Aos 13 minutos, logo depois de levar uma bola no travessão em cabeçada de Kehrer, o Rennes acertou o alvo na primeira boa investida ao ataque. Bourigeaud cruzou e Hunou completou para colocar o “azarão” em vantagem.

O PSG dominou o restante do tempo, porém demorou a achar o gol. Aos 12 do segundo tempo, Marquinhos lançou por cima da defesa para Sarabia. O reforço parisiense aproveitou a saída do goleiro e deixou Mbappé livre para empatar na pequena área. Di María entrou no meio do segundo tempo para definir a virada.

O argentino cobrou falta com perfeição, por cima da barreira e no ângulo, para o 2 a 1. O Rennes só colocou sufoco em busca do empate nos minutos finais. Thiago Silva entrou já na reta final para segurar o jogo, e acabou por salvar duas bolas perigosas na pequena área já nos acréscimos, também decisivo na partida.

Sem futuro definido, Neymar assistiu da arquibancada seus companheiros comemorarem o primeiro título da temporada: a Supercopa.

O Gol