Mbappé sai do banco e entra para a história da Champions League com hat-trick pelo PSG

© Getty Images Kylian Mbappé recebe a bola do jogo após hat-trick

Paris Saint-Germain estava vencendo o Club Brugge por 1 a 0 quando Kylian Mbappé substituiu Choupo-Moting aos sete minutos no segundo tempo, nesta terça-feira (22), pela Champions League. Até então, ninguém imaginava que o francês fosse participar de quatro gols e acabar com o jogo.

Ele entrou.

Em nove minutos, marcou um gol.

Dois minutos mais tarde, deu assistência para gol de Icardi.

Há 11 minutos do fim do jogo, fez mais um.

Quatro minutos depois, concluiu o hat-trick para entrar para a história do clube e do torneio.

Destruindo recordes

Para começar, Mbappé passou Lionel Messi e se tornou o jogador mais jovem da história a chegar a 15 gols na Champions. Quando o argentino estabeleceu o recorde, tinha 21 anos e 289 dias de vida. Nesta terça-feira, Mbappé chegou à marca com 20 anos e 306 dias.

O francês é o quinto jogador mais jovem a anotar um hat-trick no torneio continental. Raúl, Rooney (com 18 anos), Haaland e Yakubu (com 19) são os únicos na sua frente.

Saindo do banco, ele é o quarto a alcançar o feito, após Walter Pandiani, Joseba Llorente e Uwe Rösler.

Esse foi o hat-trick mais rápido da história da Champions League, do instante em que o jogador saiu do banco, ao marcar o terceiro gol. Foram 31 minutos no total. A marca mais rápida contando o tempo do primeiro gol ao terceiro é do espanhol Llorente, que fez isso em 17 minutos contra o Aalborg, em 2008, quando atuava pelo Villarreal.

Entrar no 52º minuto da partida também garantiu a Mbappé o recorde de substituto a entrar mais tarde e marcar três vezes. Llorente e Walter Pandiani dividiam a marca até então – ambos entraram aos 46.

A assistência para Di María também foi crucial na história.

Mbappé é o único jogador nas últimas 10 edições da Liga dos Campeões a participar de pelo menos quatro gols como um substituto.

ESPN