João Pessoa 20/04/2019

Início » Cidades » Médico acusado de deformar pacientes é solto após um mês preso

Médico acusado de deformar pacientes é solto após um mês preso

O médico Wesley Murakami foi solto da prisão na última quinta-feira (17), após a prisão temporária dele ter vencido. Ele é acusado de deformar o rosto de pelo menos 15 pacientes em procedimentos estéticos em Goiás e no Distrito Federal. As informações são do G1.

Quando a prisão temporária aconteceu, em 21 de dezembro, a justificativa era de que foi necessária para preservar as vítimas. Perguntada pelo G1, a Polícia Civil não informou se ainda existe ameaça às vítimas ou se o médico foi indiciado. As investigações apontaram que pelo menos 15 menos foram convencidas a fazer uma bioplastia, mas terminaram com o rosto deformado.

Apesar de solto e estar respondendo o processo em liberdade, Wesley Murakami não poderá exercer mais suas funções médicas porque foi suspenso pelo Conselho Regional de Medicina do Distrito Federal (CRM-DF). Em seu registro, ele aparece como alvo de “interdição cautelar” e, sendo assim, não pode exercer a profissão até o julgamento de processo ético.

Istoé