Médicos descobrem novo ligamento do joelho

joelho-ligamento-20130810-size-598Cirurgiões belgas afirmam ter feito uma descoberta que acrescenta uma nova peça ao atlas do corpo humano e pode revolucionar o tratamento de lesões do joelho. Em artigo publicado no periódico Journal of Anatomy, os médicos descrevem um novo ligamento, que recebeu o nome de anterolateral, ou ALL, na sigla em inglês. Os médicos sugerem que o ALL tem um papel importante no rompimento do ligamento cruzado anterior, uma das lesões de joelho mais comuns entre praticantes de esporte.

O joelho tem quatro ligamentos principais. Esses tecidos fibrosos ligam um osso ao outro e ajudam a dar estabilidade ao corpo. Embora houvesse evidências da existência de outro ligamento além daqueles conhecidos pela medicina, essa é a primeira vez que especialistas fornecem a descrição completa e a função desse novo tecido.

Pesquisa – A descoberta aconteceu depois de uma equipe da Universidade de Leuven, coordenada por Steven Claes e Johan Ballemans, começar a estudar os joelhos de cadáveres dissecados em busca desse possível novo ligamento. O ponto de partida do trabalho foi um artigo escrito pelo cirurgião francês Paul Segond em 1879, que sugeriu a existência do ligamento. Com a pesquisa, os pesquisadores descobriram uma “estrutura de ligamento bem definida” que conecta o fêmur, que é o osso da coxa, à tíbia. Essa característica foi observada em 40 dos 41 corpos analisados.

A partir das novas informações, os pesquisadores lançaram a hipótese de que uma lesão no ligamento anterolateral é uma das causas do rompimento do ligamento cruzado anterior. Se confirmada, a descoberta pode levar a tratamentos mais eficientes para casos graves dessas lesões. “Hoje, nós sabemos que existem pacientes que continuam a sentir desconforto e instabilidade depois de uma cirurgia no joelho, mesmo quando a operação foi bem sucedida, e que isso pode estar relacionado a danos no ligamento anterolateral”, disse Ballemans ao jornal canadense Natinal Post. A equipe afirma que mais estudos são necessários para confirmar os achados.

 

Veja